30 de junho de 2011

OMG!


 Pois agora abro o facebook e deparo-me com raparigas de 11 anos a fazerem comentários do género: "amo-te", "és a mulher da minha vida", "és vida", "filha és o meu orgulho amo-te", "a pensar em ti baby" etc. etc. no facebook umas das outras e escrito da forma mais chunga possível...
 Acho uma autêntica foleirice e tenho pena que isto seja parte da geração futura...

6 comentários:

м♥ disse...

tão triste. é isso e os "amt tnt meu xuxu, meu leite de côco. és a mia vida. Kero.te pra smp kmg. ÉS-me td! Venero-te"

Joy disse...

M <3: Esqueci-me do "venero-te" LOOOL.

Rita disse...

Concordo plenamente, quando crescerem aposto(ênfase na palavra aposto) que vão estar tão enjoadas desses termos que não vão querer saber da VIDA, dos FILHOS, nem sequer das pessoas DA VIDA DELAS, porque passaram a sua juventude a utilizar essas expressões em amigas e por aí fora...

Joy disse...

Rita: Pois, o que elas dizem são frases fortes que não se devem dizer sem razão...

Baby Teen disse...

Tenho 16 anos, mas nunca fui de dizer essas coisas, nem sequer tenho pachorra para as ler. A maioria das vezes essas palavras são ditas sem sequer serem sentidas, o que infelizmente é triste.

Joy disse...

Baby Teen: Estou completamente de acordo contigo!