8 de junho de 2011

Coscuvilhices

 As pessoas cuscas irritam-me, não entendo o propósito do vício que têm pela vida dos outros, a obsessão com que correm atrás de um rumor, é tão triste e deprimente...
 Eu tinha uma vizinha, a senhora mais cusca do bairro, sabia tudo de todos e contava tudo a toda a gente. Ora ela mudou de casa e nunca mais apareceu em minha casa (ainda bem porque pessoas destas não fazem falta). Mas no outro dia viu a minha mãe parada na estrada porque tinha tido um pequeno acidente de carro (nada de grave, um carro passou de raspão) e tchanam no fim-de-semana seguinte veio tocar-nos à porta. Graças a Deus que não estava ninguém em casa... E caso se estejam a perguntar porque sei que ela veio cá bater à porta, é porque ela encontrou o meu pai na rua e lhe disse. Ou seja, só cá veio para tirar nabos da púcaro sobre o acidente, que triste!!

3 comentários:

S* disse...

Uma coisa é ser curiosa, outra é ser metediça... detesto.

L' Amoureuse disse...

Lol, infelizmente à muita gente assim que gosta de saber tudo de todos e muitas vezes ainda diz mais do que aquilo que é. bjs
Pelo menos já te livraste do emplastro.

Joy disse...

S*: Concordo.

L'Amoureuse: Sim, graças a Deus que ela mudou de casa.